segunda-feira, 1 de junho de 2009

Dia Nacional da Luta Antimanicomial

O dia 18 de maio é marcado como o Dia Nacional da Luta Antimanicomial. Em 2009, esta luta, iniciada no II Congresso Nacional dos Trabalhadores em Saúde Mental, completa 22 anos.
Naquele momento, os profissionais recusaram o papel de agentes da exclusão e da violência institucionalizadas, que desrespeitam os mínimos direitos da pessoa humana, e inauguraram um novo compromisso em busca de uma Reforma Psiquiátrica, hoje definida por lei mas ainda em fase de implementação. Diversas das atividades promovidas pelos Conselhos regionais para marcar a data referem-se à Reforma Psiquiátrica.
O movimento de luta antimanicomial considera que a loucura pode e deve ter o seu lugar no mundo, que as subjetividades individuais contribuem na construção do todo social e que a aceitação das diferenças, sejam elas quais forem, faz parte do ideal de democracia da nossa sociedade.
Também já se constatou que não há mais espaço para o hospício, instituição retrógrada e ultrapassada, focada no isolamento, pois se sabe que o convívio familiar e a interação social são fundamentais para todos os seres humanos.
A luta antimanicomial, fundamentada no oferecimento de direitos de cidadania e de convivência social aos portadores de transtornos mentais, é um desafio epistemológico para as ciências da saúde (e outras que queiram a elas se aliar).
A data ficou marcada por várias atividades:

Minas Gerais (CRP 04)
Em Montes Claros, aconteceu com apresentações artístico-culturais e exposição de trabalhos das oficinas terapêuticas do serviço de saúde mental, grupos de conversação para os usuários e trabalhadores de Saúde Mental.
Em Governador Valadares, atividades de lazer e culturais e em Juiz de Fora, shows, painéis informativos, varal de poesia e exposições de pintura.
http://www.conselhodepsicologiamg.org.br/GeraConteudo.asp?materiaID=963

Rio de Janeiro (CRP 05)
O CRP realizou atividade de comemoração ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial na Cinelândia, Centro do Rio. O encontro, teve apoio do Núcleo Estadual do Movimento da Luta Antimanicomial com apresentação da banda Sistema Nervoso Alterado e do Grupo de Teatro do Oprimido do Hospital Heitor Carrilho, além do Desfile das Camisas de Força Sociais.
http://www.crprj.org.br/2009050605.asp

São Paulo (CRP 06)
Na capital, aconteceu a I Feira de Saúde Mental e Economia Solidária, debates e exibição do filme Sobreviventes. Em Sorocaba, a programação contou com debate sobre a Reforma Psiquiátrica na Câmara Municipal, incluindo diversas atividades na baixada Santista e o Vale do Ribeira.

Goiânia (CRP 09)
O Fórum Goiano de Saúde Mental promoveu manifestações públicas, atividades culturais e debates ao longo do mês de maio; a "Passeata Maluco Beleza", manifestação pública político/cultural para marcar a data e fortalecer a luta por uma sociedade sem manicômios e uma mostra de vídeos e o Seminário – A Crise: Desafio Estratégico da Reforma Psiquiátrica
Santa Catarina (CRP 12)
Santa Catarina, realizou o I Encontro dos Movimentos Sociais na Luta Antimanicomial; programação cultural em Florianópolis, realizada pelo Núcleo Florianópolis do Movimento Nacional da Luta Antimanicomial, com debates e exibição de filmes.
http://www.crpsc.org.br/?open_pag&pid=257

Bahia (CRP 03)
O CRP, que agrega os estados da Bahia e Sergipe, realizou a "II Parada do Orgulho Louco" e uma feira de artesanato. [email protected]
*
*
*
*
*
*Mural:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer deixar um recado?

MENSAGENS DE AGRADECIMENTO PARA MADRINHAS E PADRINHOS

Quando chega a tão esperada hora, são tantos detalhes para cuidar que o HD da nossa memória fica tão cheio, que faltam palavras para compor ...