segunda-feira, 30 de maio de 2016

FOTO PRESENTES | DIA DOS PAIS | FADA CELESTE

O Dia dos Pais está chegando e com ele, os filhos ficam sem saber qual a melhor opção de presentear com carinho aquele homem tão importante em nossas vidas.
A Fada Celeste oferece para escolas e empresas, brindes fotográficos com fotos personalizadas.
Trabalhando com fornecedores da mais alta qualidade, a Fada Celeste Produções, fotografa em escolas e empresas e prepara os brindes.
Para aquisição de foto presentes avulsos, o cliente envia a foto e nós fazemos o trabalho e enviamos pelo correio.

Veja abaixo as opções mais escolhidas entre os brindes:




















quarta-feira, 4 de maio de 2016

POR QUE AS FRUTAS CUSTAM TÃO CARO NO BRASIL?


Governo ofertou R$ 905,1 bilhões em crédito agrícola nas últimas 5 safras
Investimentos federais para o financiamento do setor cresceram 89% com Dilma Rousseff


Da safra 2011/2012 à nova temporada que se inicia em julho deste ano, o governo federal ofertou R$ 905,1 bilhões em crédito agrícola, aumento de 89% em cinco anos. O fortalecimento das políticas públicas voltadas à agropecuária brasileira foi destacado pela ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) durante o lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2016/2017, nesta quarta-feira (4), no Palácio do Planalto.

O plano destinará R$ 202,88 bilhões de crédito aos produtores rurais brasileiros, aumento de 8% em relação ao ano anterior. Um dos destaques é o crescimento de 20% dos recursos para custeio e comercialização a juros controlados. A modalidade contará com R$ 115,8 bilhões. Os juros foram ajustados sem comprometer a capacidade de pagamento do produtor, com taxas que variam de 8,5% a 12,75% ao ano.

Dos R$ 905,1 bilhões de crédito ofertado, R$ 43,4 bilhões foram repassados em subvenção, que é a diferença da taxa de juros paga pelo produtor rural e a cobrada pelos bancos. O instrumento da subvenção é necessário para garantir competitividade ao agronegócio brasileiro perante outros países que praticam juros inferiores.

Além do salto no crédito disponibilizado aos agricultores, nos últimos cinco anos o governo Dilma Rousseff dobrou os recursos para subvenção ao seguro agrícola, acumulando R$ 2 bilhões no período e aumentando em 25% a área protegida. Foram financiadas 300 mil máquinas agrícolas pelo Moderfrota e pelo Programa de Sustentação do Investimento (PSI). Já o Programa Agricultura de Baixo Carbono (ABC) acumulou R$ 15 bilhões em financiamentos e o programa de armazenagem ofertou R$ 10 bilhões de 2013 a 2015.

“Ao investimento feito na agricultura, os produtores responderam e devolveram à sociedade R$ 2 trilhões em valor bruto da produção [soma dos últimos cinco anos]. Hoje, 40 anos depois da revolução tecnológica da nossa agricultura e com o apoio nos últimos cinco anos do governo, nós representamos 53% das exportações de todo o país, quase 30% do emprego nacional formal e um quarto do Produto Interno Bruto”, discursou a ministra.

Mesmo com todos estes incentivos, as frutas e verduras nos supermercados da capital Paulista, estão pela hora da morte. 

Um melão, chega a custar R$19,00, o mamão tamanho normal, custa R$12,00 o que daria para alimentar apenas algumas vezes uma família de quatro pessoas. O que acontece para que a fruta chegue às prateleiras dos supermercados mais populares com esse preço? 

Alguma coisa está fora do lugar...


COMO DISTRAIR AS CRIANÇAS NA FESTA DE CASAMENTO

Nada como uma lembrancinha capaz de prender a atenção das crianças nos ambientes dos adultos não é? Criar um espaço para os pequenos ...