domingo, 19 de julho de 2009

NANISMO

Pessoas com um crescimento anormal e desproporcional, de baixa estatura, em idade adulta com aproximadamente 1,20m de altura, costumam sofrer de uma doença chamada nanismo. A deficiência, conhecida técnicamente como acondroplasia, faz com que os braços e pernas fiquem mais curtos. Mãos, pés e pernas podem apresentar-se tortos. Com causa genética, não é possível saber se pais anões, terão seus filhos com o mesmo problema. Na maioria dos casos, anões tem filhos com estatura normal.

O nanismo pituitário é causado por uma disfunção na glândula pituitária (hipófise). Resulta em baixa estatura, com a diferença de o corpo manter-se proporcional. Percebe-se que o crescimento da criança é anormal desde os primeiros meses de vida. Adultos que sofrem com o nanismo pituitário não têm mais de 1,50m de altura. Já nos adolescentes pode causar atraso no desenvolvimento sexual.
Relatos na internet, divulgam estudos sobre os fatores ambientais que contribuem para o Nanismo Secundário. Privações emocionais, abusos durante a idade infantil, ambiente familiar pobre e desordenado, foram observados em vários casos. Após tirar a criança do ambiente, o desenvolvimento voltou ao normal.
Tratamento:
O tratamento deve ser realizado com acompanhamento médico; pois as causas do nanismo estão relacionadas aos hormônios, hipertiroidismo, doenças inflamatórias, cardiopatias, problemas intestinais, retardo mental e precisam ser identificadas pelo médico especialista, através dos exames.
A terapia de reposição com GH (hormonio do crescimento), está indicada para todas as crianças com baixa estatura e deficiência documentada de GH. O GH preparado com glândulas pituitárias humanas, foi banido porque o seu uso transmitiu doença Creutzfeldt-Jakob. Produtos sintéticos de GH estão disponíveis para repor o produto natural. Aumentos na altura de 10-15cm freqüentemente ocorrem no 1º ano de tratamento, mas a velocidade do crescimento pode ser mais lenta depois.

O uso de GH em crianças com baixa estatura em decorrência de outras causas ainda não foi estabelecido, mas as meninas com Sd. Turner, tratadas com GH, crescem mais rápido e várias delas ultrapassam a sua estatura adulta anteriormente prevista. A reposição de cortisol e hormônio tireóideo deve ser providenciada sempre que indicada. Reposição com esteróides gonadais não está indicada até que a puberdade normal ocorra, que tratamento com GH exógeno esteja completo, ou o desenvolvimento puberal precisará ser induzido por hipogonadismo. Esteróides em altas doses iniciam o fechamento de epífises, limitando a estatura final.

Fontes: http://www.tudoresidenciamedica.hpg.ig.com.br/ / http://www.alunosonline.com.br/
*
Está circulando na internet: Fotos da menor anã do mundo


*
*
*
*
*
*
Publicidade:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer deixar um recado?

MENSAGENS DE AGRADECIMENTO PARA MADRINHAS E PADRINHOS

Quando chega a tão esperada hora, são tantos detalhes para cuidar que o HD da nossa memória fica tão cheio, que faltam palavras para compor ...