domingo, 6 de setembro de 2020

Mercado de Noivas se aquece e moda sustentável ganha espaço na pandemia

Noivas aderem à moda sustentável após pandemia, segundo pesquisa de loja conceituada no ABC Paulista e mercado tem aquecimento



Delicacy Maison segue os passos da Levis mundial e oferece opções para público consciente


A tendência é mundial e foi inspirada no que a Levis vem fazendo com seus clientes. Sim, a moda sustentável chegou ao mercado de eventos e conquistou noivas mais que conscientes em meio à pandemia. “Eu já venho trabalhando esse conceito há muitos anos, mas quando li a reportagem internacional sobre a Levis, tive certeza que trazer esse hábito ao mercado nacional seria uma das chaves para me reerguer após o Covid-19’, comenta Graziane Souza, empresária.

A loja está localizada há 16 anos em Santo André, no ABC Paulista, e tem um público fiel que vem de todos os locais da capital para compra e aluguel de trajes e acessórios para festas. “Reabrimos na última semana de junho e o faturamento caiu 35% até o momento. Infelizmente a previsão é que ainda tenhamos uma queda de 50% nos próximos meses, então, visando promover a economia circular, lançamos a ideia de moda sustentável com mais força entre nossas clientes e essa nova adaptação de negócio nos rendeu muitas clientes noivas que tem casamentos marcados a partir de 2021. Posso dizer que pós Covid, minhas vendas que antes eram metade vestido festa e metade noivas mudaram: hoje atendo um público que é 70% de noivas que querem planejar com mais calma a tão esperada ou adiada cerimônia”, fala a diretora.

Além dessa nova estratégia, a marca investe em redes sociais e notou um aumento de 150% dos acessos das clientes. “Elas querem muito ter um atendimento on line antes de virem à loja, então adaptamos um sistema de live semanal para mostrar preço e produto. Além disso seguimos os protocolos de segurança e atendemos noivas com hora marcada, respeitando o afastamento social”, relata Graziane.

De acordo com a equipe de atendimento, as noivas remarcadas estão ansiosas para passar todo esse momento e comemorar junto à família. A grande maioria das clientes remarcou datas para o primeiro semestre de 2021, na esperança que a vacina seja distribuída e que voltemos a comemorar a vida, em eventos tão inesquecíveis quanto casamentos. “Para o ano que vem é claro que esperamos a retomada do setor que sofreu muito com a pandemia. Após vencermos essa batalha, o desejo de comemorar e reunir pessoas queridas será ainda maior e nós estaremos lá para tornar o sonho de nossas clientes, realidade”, finaliza.

***


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer deixar um recado?

Geração Y tira de voga o tradicionalismo das cerimônias de casamento

Eles nasceram entre 1981 a 1996 e estão dizendo não para todas as tradições da velha escola. A tão aclamada geração Y é bem diferente dos jo...