quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Selo de Qualidade garante que roupa produzida não utilizou trabalho escravo

A Associação Brasileira do Vestuário (Abravest) acaba de lançar o Selo Abravest para roupas masculinas, que garante que as peças adquiridas pelo consumidor foram produzidas de acordo com os padrões da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e por fornecedores que seguem as leis trabalhistas. “Para o consumidor, o selo é uma garantia de que a peça não foi produzida com uso de trabalho escravo”, explica o presidente da Abravest, Roberto Chadad.

A certificação para roupas femininas está prevista para o último trimestre do ano. O primeiro selo da Abravest foi criado em 2008, para a produção de meias. No ano seguinte, foi a vez de roupas para bebês, infanto-juvenis e uniformes.

O presidente da Abravest, Roberto Chadad, e a consultora Celina Almeida, do Instituto Totum, estão disponíveis para entrevistas sobre o Selo de Qualidade Abravest.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer deixar um recado?

Vestido de noiva usado é opção para quem quer economizar com o casamento

Procura por itens usados para casamento está em alta. Desde o início do ano, mais de mil vestidos de noiva foram vendidos na OLX O sonho d...