sábado, 26 de janeiro de 2013

Sucesso Moda Cores na Première Brasil



Empresa inova com tecidos planos em composê com as malhas
Pela terceira vez consecutiva a Moda Cores, tecelagem que se especializou em malharia tornando-se referência no segmento, participou da Première Brasil, em São Paulo, nos dias 22 e 23 de janeiro. Nessa edição a empresa, que tem na direção criativa Aissa Basile, inovou bastante importando tecidos planos que trabalhados, fizeram composê com as malhas.
Entre as novidades as listras e xadrezes em preto e branco, algumas em paetê, com inspiração gráfica, fizeram bastante sucesso entre os confeccionistas. Além deles, os jacquards geométricos, que combinavam opacidade e transparência estiveram em alta.
Os chambrays em tecido plano e também em malha, esta última com trabalho de paetês, trouxeram um glamour inusitado ao universo prático do jeanswear.
Cetins, chiffons, rendas, tules e voil bordado, além das malhas básicas renovadas pelos acabamentos tecnológicos que a empresa imprimiu se destacaram nos dois dias de apresentação.
Preto, branco, tonalidades nudes em contraponto às cores mais vibrantes como o turquesa, amarelo, verde e laranja tornaram o verão 2014 da empresa cheio de vida e de apelo fashion.
A Moda Cores conta com escritório e showrooom em São Paulo.
Moda Cores
Fundada em 2003, a Moda Cores se destaca no segmento têxtil como uma empresa moderna e inovadora, que oferece malharia diferenciada e tecidos planos exclusivos, os quais importa desde 2012. Apostando na utilização de tecnologia de ponta, a empresa assegura a qualidade de seus produtos e a capacidade de customizar sempre, atendendo aos desejos de seus clientes e do mercado. A marca tem um showroom em São Paulo e representantes em várias regiões do Brasil, ampliando seu espaço de atuação.















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer deixar um recado?

MENSAGENS DE AGRADECIMENTO PARA MADRINHAS E PADRINHOS

Quando chega a tão esperada hora, são tantos detalhes para cuidar que o HD da nossa memória fica tão cheio, que faltam palavras para compor ...